MEDICINA INTEGRAL, O futuro da medicina

Fonte: ativismoquantico.com
» por  em 15/07/2012 em medicina integral | 2 comentários

MEDICINA INTEGRAL

Mudar paradigmas não é tarefa fácil. A construção do conhecimento sobre o processo de funcionamento biológico foi baseado na física newtoniana mecanicista. A idéia de que o corpo humano é uma máquina composta de peças que podem ser reparadas e/ou substituídas ainda prevalece no ensino médico regular e convencional. Estudar o corpo humano em sua integralidade é difícil mesmo para aqueles que estão familiarizados com o estudo do sutil. Integrar o conhecimento da anatomia física com a anatomia energética; integrar a fisiologia de interações materiais com a fisiologia energética requer uma construção de um novo paradigma. Uma nova visão sobre quais são os processos que levam a consciência a causar algum prejuízo a essas interações materiais. Esse processo de descoberta torna-se uma verdadeira vivência, ou seja, um caminhar na dinâmica da transformação.

Como integrar em uma única equação os contextos, os significados, as emoções e o corpo físico? Como pensar em uma fórmula que integre todos esses aspectos da consciência? Essa consciência, que por hora se encontra no plano manifesto, traz consigo uma complexa bagagem de vivências e experiências. Não há mais como tratar um ser humano com o pensamento separatista de funcionamento dos órgãos. Há uma rede de conexão entre todos os órgãos, entre todos os tecidos, entre todos os sistemas, entre todas as funções. A biologia do corpo humano é uma dessas maravilhas que encanta a todos os envolvidos na busca da compreensão do seu funcionamento. A medicina deve se conciliar com todas as terapias holísticas que conhecem o sistema mentecorpo, pois o futuro da medicina será eminentemente espiritual, isto é, a consciência é a base de tudo.

Conhecer e desenvolver técnicas especificas capaz de integrar todos os conhecimentos da fisiologia humana, a fisiologia das interações materiais, com a fisiologia quântica, a fisiologia que envolve os dois domínios da realidade é uma tarefa em andamento. Isso esta acontecendo! As pessoas já envolvidas com esses aspectos sutis estão contribuindo para uma mudança de paradigma e colocam em seu trabalho a visão de que a consciência é a base do ser. Os resultados começam a aparecer e sinalizam que o caminho está correto. As pesquisas começam a considerar os aspectos sutis e validam a prática de uma medicina que integra os aspectos energéticos que emoções, pensamentos e contextos possuem na causalidade das “doenças”.

Integrar todas funções biológicas celulares, com os meridianos, com o sistema de chacras, com o sistema de crenças, com o sistema músculo-esquelético, com o sistema conectivo, com o sistema circulatório, com o sistema nervoso, com o sistema de drenagem, com o sistema cardiorespiratório, com o sistema urinário, com o sistema excretor, com o sistema digestivo, com o sistema reprodutor e com todos os outros sistemas que compõe o corpo humano deve ser tarefa prioritária caso realmente seja a intenção de realizar uma prática de medicina integral. Todos esses aspectos devem ser integrados ao ambiente onde cada consciência está inserida. Esse ambiente fornece as possibilidades de percepção e memória das experiências vividas. Essas percepções e memórias criam os hábitos e condicionamentos que geram conteúdos tóxicos. Essas toxinas energéticas são transferidas aos sistemas biológicos do corpo humano. Isso deverá ser compreendido e tratado pela medicina do futuro! Futuro próximo! Estamos vivendo a dinâmica dessa mudança!

Abraços fraternos

Milton

 

Venha equilibrar e restaurar suas energias     Terapia Holistica em Curitiba   Terapias naturais e vibracionais  Complementares e integrativas        3599-9922

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

 

Contato

terapiaholisticaemcuritiba
curitiba
82840-39
41 4102-3816 luzeenergia@hotmail.com